Informativo técnico - COLAMIN

INFORMATIVO TÉCNICO

UC-II
COLAGENO NÃO DESNATURADO

DUAS VEZES MAIS ATIVO DO QUE CONDROITINA + GLUCOSAMINA

A cartilagem é um dos tecidos conjuntivos primários do corpo, proporcionando flexibilidade e suporte para as articulações ósseas. O colageno tipo II não desnaturado, é a principal proteína estrutural na cartilagem que é responsável pela sua resistência à tração e firmeza. Derivado de cartilagem de frango, UC-II® consiste em colágeno tipo II não desnaturado que age juntamente com o sistema imunológico para manter as articulações saudáveis e promover a mobilidade e flexibilidade das articulações. UC-II® tem sua composição patenteada, e demonstrou a sua eficácia em estudos clínicos em humanos.

Descrição
O colágeno é uma proteína fibrosa presente na pele, tendões, ossos, dentes, vasos sangüíneos, intestinos e cartilagens, correspondendo a 30% da proteína total e a 6% em peso do corpo humano. Também é encontrada em diversos tecidos de animais.

UC-II® é um colágeno do tipo II, não- desnaturado, derivado da cartilagem de frango. É fabricado através de um processo de produção patenteado, não-enzimático, à baixas temperaturas, o que garante a obtenção de um colágeno puro, sem alteração molecular, com atividade biológica inalterada.

UC-II® é o único produto deste tipo disponível em doses convenientes de 40 mg, uma vez ao dia. Publicado em pesquisa clínica que mostra que UC-II® é mais do que duas vezes eficaz do que glucosamina + condroitina na promoção conjunta de conforto, mobilidade e flexibilidade das articulações.

Mecanismo de ação

Uma das principais doenças relacionadas à cartilagem é a osteoartrite, que afeta as juntas do corpo humano (principalmente coluna, joelho, dedos e quadril), provocando inflamação. Na mioria das vezes acomete pessoas com mais de cinquenta anos e do sexo feminino, mas também atinge homens e pessoas de outras faixas etárias. Um dos diversos fatores que podem contribuir para o aparecimento da osteoartrite é a obesidade, mas traumas como choques ou uso repetitivo das articulações durante o trabalho e a prática de esportes levam à doença. A principal proteína estrutural responsável pela tração e firmeza do tecido cartilaginoso é o colágeno tipo II. No caso da osteoartrite, por se tratar de uma doença auto imune, o próprio organismo acaba por não reconhecer o colágeno tipo II, levando a produção de enzimas colagenase provocando a quebra da cartilagem, que tem por consequencia a inflamação e dor. Nesse caso, uma das maneiras de ajudar o corpo a repor a proteína perdida é por meio de suplementação da mesma. O UC-II® é capaz de suprir essa reposição, já que consiste em colágeno tipo II não desnaturado (bioidentico).

Com sua ingestão, previne o processo inflamatório das articulações através do bloqueio da quebra do colágeno das cartilagens. O colágeno tipo II não desnaturado presente em UC-II® tem conformação molecular especial (tripla hélice) que envolve regiões antígenas onde estão presentes alguns epítopos. Esses epítopos ativos estão envolvidos com o sitema de defesa do organismo na medida em que eles desativam as células T específicas para o colágeno, e desta forma previnem a secreção de enzimas do tipo colagenase, que são responsáveis pela quebra do colágeno. O bloqueio da quebra do colágeno endógeno diminui o ciclo destrutivo das cartilagens e consequentemente evita a inflamação e dor.


 1. Desativa a resposta imune contra o colágeno tipo II.

Na osteoartrite o organismo passa a não “reconhecer” o colágeno (proteína) presente nas articulações. O sistema imune ataca o colageno e o destrói.

2. Torna o organismo tolerante ao colágeno tipo II presente nas cartilagens.

O UC-II® ingerido oralmente, ao passar pelo sistema digestivo é reconhecido pelo organismo e isso dessensibiliza o sistema imune e causa uma tolerância oral.

  1. A TOLERANCIA ORAL DO COLÁGENO TIPO II SUPRIME FORTEMENTE A INFLAMAÇÃO DA ARTICULAÇÃO.

Indicações
UC-II é indicado para humanos e animais (geralmente gatos, cães e cavalos) nos casos abaixo, acompanhados de dor e inflamação articular:
  • Artrose e Osteoartrose,
  • Artrite e Osteoartrite,
  • Artrite reumatoide,
  • Poliartrite reumatóide juvenil,
  • Lesão articular,
  • Lesão da cartilagem.

Aplicações
  • Ajuda o organismo a reconstruir a cartilagem articular;
  • Ajuda a manter a saúde das articulações;
  • Promove maior conforto das articulações inflamadas;
  • Melhora a mobilidade e flexibilidade das articulações;

Podemos afirmar que UC-II® melhora a qualidade de vida do paciente para atividades diárias.

Concentração de uso
Para humanos é indicada a concentração de 40mg ao dia podendo ser dividido em duas tomadas. Para animais é indicado 20mg até 80kg e 40mg acima de 80kg ao dia.
Nota: UC-II® contém 25% de colágeno não desnaturado tipo II, assim 40mg de UC-II® contém 10mg de colágeno puro.


Colágeno não desnaturado

A maioria das proteínas podem ser desnaturadas pelo calor, que afeta as interações fracas em uma proteína (principalmente as ligações de hidrogênio) de forma complexa. Se a temperatura se eleva lentamente, uma conformação proteica geralmente permanece intacta até que haja uma perda abrupta de estrutura em uma faixa estreita de temperaturas. Essa alteração repentina sugere que o desenovelamento é um processo cooperativo: a perda de estrutura em uma parte da proteína desestabiliza outras partes. Entretanto, as proteínas podem ser desnaturadas não apenas pelo calor, mas por extremos de pH, por certos solventes orgânicos miscíveis com a água, como o álcool ou a acetona, por certos solutos como uréia e cloridrato de guanidínio ou por detergentes. Cada um desses agentes desnaturantes representa um tratamento relativamente brando no sentido de que nenhuma ligação covalente na cadeia polipeptídica é rompida. Os solventes orgânicos, a uréia e os detergentes atuam principalmente promovendo o rompimento das interações hidrofóbicas que estabilizam as proteínas globulares. Os extremos de pH alteram a carga líquida da proteína, provocando repulsão eletrostática e rompimento de algumas ligações de hidrogênio. Os estados desnaturados obtidos por esses diversos tratamentos não são necessariamente equivalentes. 

Algumas proteínas desnaturadas podem se renaturar espontaneamente para formar uma proteína biologicamente ativa.
Para evitar a perda da atividade biológica e assegurar a eficácia, UC-II® é produzido usando um processo patenteado de fabricação não-enzimática. Este processo foi validado por um ensaio ELISA muito específico e altamente sensível, que testa a presença de epitopos no colágeno tipo II, tripla hélice, não desnaturado. Outras formas de colágeno tipo II vendidos como suplementos alimentares são desnaturados ou hidrolisados. A sua configuração molecular foi alterada, quer através da química ou de alta temperatura de processamento. Não existem estudos na literatura científica mostrando que colágeno tipo

  1. desnaturado (mesmo que extraído de frango) fornece benefício significante para saúde das articulações. Há, no entanto, um estudo que relata que “colágeno tipo II desnaturado não tem nenhum efeito significativo sobre a incidência e gravidade da doença (artrite)”.

Estudo clínico
Eficácia UC-II® superior ao combinado de Condroitina + Glucosamina
UC-II® (40mg) mostrou-se duas vezes mais efetivo que 1,5g de Glucosamina + 1,2g de Condroitina na promoção da saúde das articulações, num estudo randomizado duplo cego, conduzido na America do Norte com 52 pessoas com osteoartrite nos joelhos. UC-II® diminuiu significativamente a dor nas articulações, o desconforto e imobilidade comparado com o início do estudo e superou os resultados da combinação de Condroitina

  • Glucosamina. Foram usadas as ferramentas de avaliação WOMAC (western Ontario MacMaster índex score – mede a dificuldade na função física e dor), VAS (Visual Analog Scale) e Lequesne índex (que são sistemas de avaliação do estado da osteoartrite).
UC-II® diminuiu significativamente a dor durante as atividades diárias, incluindo caminhadas em superfície plana, tarefas domésticas pesadas, subida e descida de escadas e até em repouso, comparado com Glucosamina + Condroitina.

Estudos de segurança
Pesquisas toxicológicas com UC-II® sugerem um potencial baixíssimo de toxicidade.
UC-II® mostrou baixa toxicidade oral e tópica em ratos onde:
  • oral - DL50 >5.000mg/kg
  • tópica - DL50 >2.000mg/kg
  • Estudo de toxicidade subcrônica de 90 dias, mostrou que quantidades equivalentes a até 100x a dose humana recomendada eram seguras e sem efeitos adversos reportados, demonstrando um amplo espectro de segurança para UC-II®.
  • Teste com Salmonella typhimurium e Escherichia coli em concentrações acima de 5.000mcg/placa demonstrou que UC-II® é não genotóxico e não citotóxico.
  • Testes em linfoma e micronúcleos de ratos confirmaram o potencial não genotóxico de UC-II®.
  • Estudos em irritação de pele e olhos indicaram que UC-II® foi apenas levemente irritante para a pele e moderadamente irritante para os olhos.
  • Pesquisas com cachorros, cavalos e humanos tem mostrado ausencia de efeitos adversos.

Excipientes

Celulose microcristalina, Aerosil, Ácido esteárico e Estearato de Magnésio; para capsulas. Mas UC-II® também pode ser manipulado em outras formas farmacêuticas como shakes e sopas, por exemplo.


Referencias Bibliográficas

  1. Crowley DC, Lau FC, Sharma P, et al. Safety and efficacy of undenatured type II collagen in the treatment of osteoarthritis of the knee: a clinical trial. Int J Med Sci. 2009;6:312-321.
  2. Bagchi D, Misner B, Bagchi M, et al. Effects of orally administered undenatured type II collagen against arthritic inflammatory diseases: a mechanistic exploration. Int J Clin Pharm Res. 2002;22:101-110.
  3. Gupta RC, Barnes M, Minniear J, et al. Pain reduction measured by ground force plate in arthritic dogs treated with type-II collagen. Presented at: Society of Toxicology 48th Annual Meeting; March 2009.
  4. D’Altilio M, Peal A, Alvey M, et al. Therapeutic efficacy and safety of undenatured type II collagen singly or in combination with glucosamine and chondroitin in arthritic dogs. Toxicol Mech Methods. 2007;17:189-196
  5. Gupta RC, Skaggs P, Stocker A, et al. Therapeutic efficacy of undenatured type-II collagen (UC-II) in comparison to glucosamine and chondroitin in arthritic horses. J Vet Pharmacol Therap. 2009;32:577-584.
  6. Nagler-Anderson C, Bober LA, Robinson ME, Siskind GW, Thorbecke GJ. Suppression of type II collagen-induced arthritis by intragastric administration of soluble type II collagen. Proc Natl Acad Sci USA. 1986;83:7443-7446.
  7. Marone PA, Lau FC, Gupta RC, Bagchi M, Bagchi D. Safety and toxicological evaluations of undenatured type II collagen. Toxicol Mech Meth. 2010. Epub ahead of print.
  8. Burdock Group. Dossier in Support of the Generally Recognized As Safe (GRAS) Status of UC-II® as a Food Ingredient. Internal data, 2009.

I Curso de Formação para Terapeutas Quânticos - MODULOS INDEPENDENTES

Imperdível! Curso de formação para Terapeuta Quântico com aulas mensais (módulos independentes) em São Paulo. Vagas limitadas! Parcelamento em até 3x.

Inscreva-se em spm@fisioquantic.com.br


(clique na imagem para visualiza-la em tamanho real)

GOTAS DE INSPIRACAO #1

RETIRADO DO LIVRO DEEPAK CHOPRA - A CURA QUANTICA

"A origem da vida consiste em eventos quânticos”

O DNA não é feito de nada em especial. Podemos dividi-lo em átomos de carbono, hidrogênio, oxigênio, etc. Quando não esta no DNA, um átomo de hidrogênio ou de carbono não tem nenhum tipo de aparelho de controle do tempo em si, mas no DNA eles contribuem para um controle de tempo, uma habilidade de produzir algo novo a cada dia, que perdura nos seres humanos por mais de setenta anos - cada estagio da vida se desenvolve de acordo com o prazo estabelecido pelo DNA.

Quando observamos alem dos átomos e se começa a subdividir o DNA em elétrons, prótons e partículas ainda menores, deve ocorrer um evento quântico. De outro modo, ficaremos na situação embaraçosa de afirmar que a vida é feita do nada - espaço vazio, sem matéria nem energia -, que é tudo o que se consegue quando se continua dividindo as partículas solidas alem de certo ponto.

No nível quântico, matéria e energia tornam-se algo que não é matéria nem energia. Os físicos, as vezes, referem-se a esse estado primordial como singularidade, uma construção abstrata e sem limite no tempo e espaço, mas que representa a compressão de todas as dimensões expandidas do universo. No Big bang, o universo surgiu de uma grande explosão a partir da singularidade - assim é a teoria -, que, por analogia, devemos calcular como um ponto menor que coisa que existe. Ainda assim, esse estupendo evento da criação acontece em outra escala todas as vezes que se pensa, por exemplo, a palavra “rosa”.
Não existe nenhum pedaço de matéria em um local definido guardando essa palavra para nós, ela surge na existência vinda de uma região que simplesmente sabe como organizar matéria e inteligência, mente e forma. Os átomos surgem e se vão em nosso cérebro, mas a palavra rosa não desaparece. Agora chegamos a um ponto muito interessante. A singularidade é muito explorável hoje em dia; ela não existia antes do Big Bang, já que ficou fora do tempo e do espaço; portanto, tem de estar aqui e agora de fato,pois está em toda parte e não se confina ao passado, ao presente ou ao futuro. A física quântica usa gigantescos aceleradores de partículas para arrancar da zona “?” ainda que um lampejo desse mundo oculto.

Como seria o nível quântico em nosso interior? Poderia ser, simplesmente, a extensão lógica de algo a que já estamos muito familiarizados?

A grande capacidade do neuropeptídio e a de obedecer aos comandos da mente com a velocidade da luz. Acreditamos que ele seja capaz disso porque esta na fronteira da zona quântica. A ciência já descobriu que centenas de neuropeptídeos existem e são criados pelo corpo todo. É necessário apenas mais um passo para descobrirmos que todas as nossas células são capazes de fabricar qualquer dessas substancias. Se isso for confirmado, o corpo todo sera um “corpo pensante”, a criação e expressão da camada da inteligencia, em que o corpo se estrutura e se organiza como um todo, que torna as moléculas “vivas”, em vez de inertes.

É bem sabido que, de algum modo, todos os bilhões de partículas de nosso organismo atuam como uma grande molécula de DNA, como acontece no desenvolvimento incrivelmente complexo de um feto, bem coordenado no útero da mãe, do primeiro dia ao nono mês, todo o DNA de seu organismo atua como um só. Talvez os efeitos quânticos não estejam exclusivamente “la fora”, no espaço, mas “aqui” também. Sempre que um evento mental precisa encontrar contrapartida física, trabalha por meio do mecanismo quântico do corpo humano. esse e o segredo da forma como se associam sem erros os dois universos: o da mente e o da matéria. Não importa que possam parecer diferentes, a mente e o corpo estão embebidos de inteligência. A ciência tende ao ceticismo diante de qualquer argumento de que a inteligência que trabalha na natureza, no entanto, se não existe nada fora da realidade comum que possa unir coisas e acontecimentos, somos levados a um conjunto de impossibilidades.

Podemos observar esse fato na lei da gravidade. O bom senso nos diz que dois objetos separados por um espaço vazio não devem ter qualquer ligação entre si. Mas a Terra gira em torno do Sol, mesmo que ambos sejam dois corpos separados por um ‘espaço vazio’ de 150 milhões de quilômetros. Portanto, o corpo mecânico quântico, como uma forma de inteligencia, tem seu lugar plausível em uma realidade não-local. Somos obrigados a concluir que a natureza e inteligente porque é complicada demais para ser chamada de qualquer outra coisa.
Toda nossa fisiologia pode se transformar tao rapidamente quanto um neuropeptídio, que é parte do corpo mecânico quântico. Porque podemos mudar assim como o mercúrio, a qualidade fluida da vida e natural em nós. O corpo material e um rio de átomos; a mente, um rio de pensamentos; e o que os mantem unidos e um rio de inteligencia.

Curadoria: Cecília Nunes (@cecitunes)

FISIOTOX E O PODER CURATIVO DO CORPO

Em maio de 1905 nascia em Herford, província da atual República
Federal da Alemanha, Hans-Heinrich Reckeweg. Estudou medicina em Würzburg com doutorado em Bonn. Em 1936 fundou a empresa HELL Biológica GmbH, uma das maiores empresas fabricante de remédios homeopáticos.
Foi considerado o pai da homotoxologia desenvolvida entre 1948 e 1949. Em 1955 publicou seu livro sobre homotoxinas e terapia antihomotóxica. Faleceu em junho de 1985 em Baden-Baden deixando um grande legado sobre esta terapia.
O termo homotoxologia consiste em três palavras: “homo” significa homem, “tóxico”, que é derivado da toxina ou veneno e finalmente “logia”, derivado do grego que significa estudo.
Em resumo, pode-se definir a homotoxologia como o estudo da influência de substâncias tóxicas para os seres humanos.
O homotoxologia é um conceito relativamente fácil de compreender tanto para os médicos e terapeutas de medicina complementar quanto para os da medicina convencional, embora à primeira vista, esses tipos de medicina possam parecer opostos um ao outro.
Isto ocorre devido aos avanços na biologia molecular, o que torna mais evidente os mecanismos de ação dos antihomotóxicos.
A terapia antihomotóxica trabalha com o conceito de o organismo possuir mecanismos reflexos. O termo detoxificar visa desintoxicar o organismo por estes processos reflexos impondo processos naturais de desintoxicação, pelos quais o organismo se vê apto a ficar livre de determinadas toxinas.
Num processo de inovoção tecnológica o Grupo Fisioquantic® está apresentando a linha de produtos naturais e frequênciais denominada FISIOTOX Quantic.
Atualmente são 24 moduladores frequênciais que visam proporcionar a Vicariação Regressiva que espelha o processo de desintoxicação e regeneração do organismo, sem o qual se torna impossível a reversão dos quadros crônicos e degenerativos e consequente reconquista da saúde física, emocional e mental.
Os acordes frequênciais que compõem os produtos da linha FISIOTOX, foram rigorosamente desenvolvidos, selecionais e processados com moderna tecnologia, baseados em 3 etapas:
  • Estudos avançados em Detoxificação Quântica
  • Identificação de florais que atuam como matérias-primas nos processos de detoxificação e desenvolvimento de um novo sistema de modulação frequencial.
  • Detoxificação do organismo de forma natural e saudável através de frequênciais da linha FISIOTOX.

Esta linha de produtos vem complementar as demais linhas responsáveis por tratar o terreno biológico e restaurar a qualidade de vida.
Agora fica formada a tríade para restauração da saúde quântica.
A Terapia Frequencial Floral com Essências Vibracionais da linha de produtos Fisioquantic® não têm impacto direto sobre a bioquímica do corpo, como os alimentos, medicamentos farmacêuticos ou drogas psicoativas. Não são medicamentos que interferem na sua ação, pois não possuem princípios ativos. Atuam por ressonância vibratória. Tem um efeito de reequilíbrio energético de tudo aquilo que está desestabilizado, desarmonioso e vibrando em baixa frequencia.
Para aplicar a Terapia Frequencial utilizando os produtos Fisioquantic®, inicialmente será necessário realizar a leitura da energia do organismo e identificar os desequilíbrios relacionados com o processo natural de detoxificação.
Se você quer se beneficiar desta terapia, entre em contato conosco através deste blog e fique sabendo da aplicabilidade dos Moduladores e Indutores Frequencias para o equilíbrio da sua saúde.
Extraído de: http://www.terapiascomplementares.blog.br/home/fisiotox-e-o-poder-curativo-do-proprio-corpo/
Odair Capelozza é terapeuta naturista com pós-graduação em Terapias Holísticas Vibracionais. Domina várias outras técnicas terapêuticas.

REVISTA ONLINE SAÚDE QUÂNTICA

 
A Revista Saúde Quântica é uma inovadora ferramenta que a FISIOQUANTIC junto com o GRUPO UNINTER disponibiliza agora para você!
   A Revista que já está em sua terceira edição conta com informações sobre produtos, cursos, artigos, conteúdos de aulas e muito conhecimento sobre Física Quântica e Terapias Quânticas. Imperdível!
   Cadastre-se em www.revistasaudequantica.com.br e com a ajuda do seu Representante - nós da Vida Quântica (via e-mail spm@fisioquantic.com.br) - garanta seu exemplar online e aproveite de todo este conteúdo exclusivo!


FISIOQUANTIC: FISIOTOX

O Grupo Fisioquantic tem a honra de apresentar sua linha de Frequenciais Florais que se intitula FISIOTOX. A inovação tecnológica sempre esteve à frente das nossas pesquisas e essa linha é o marco inicial de uma tecnologia patenteada pela empresa, que se chama Quantum Health e é resultado de ano de pesquisa, desenvolvimento e investimento do Grupo Fisioquantic. 


(clique na imagem para visualiza-la em tamanho real)

Entrevista Dra. Rosangela Artn sobre Saúde Quântica

Imperdível entrevista muito esclarecedora da Dra. Rosangela Artn sobre Saúde Quântica no programa Momento IBPEX do Grupo Uninter.




Comente o que acharam!
Att.
Equipe Vida Quântica